terça-feira, 28 de julho de 2009

ronronices...

estava embaixo dos cobertores... era um domingo chuvoso que já havia lhe proporcionado confortáveis horas de sono... então espreguiçou-se e começou a ronronar... um barulhinho intenso que o empurrava para fora dali... um agito interno que o fez sair em busca de carinho... foi caminhando rapidinho com suas quatro patinhas pelo corredor... ao mesmo tempo em que se roçava na parede... contorcendo a cabecinha... os pêlos eriçados... o rabinho empinado... até que encontrou a primeira vítima... correu e começou a se esfregar intensamente... contorcia-se como se estivesse provando das mais extasiantes cócegas... os olhinhos se contornavam... no entanto, levou um safanão... recusaram proporcionar-lhe mais prazer... como se estivesse hipnotizado, começou a andar... da mesma maneira que os pássaros sabem para onde estão voando, ele se foi... e encontrou uma nova presa... essa passou as mãos nas suas costas... aquele simples toque o elevava à mais sublime sensação... virou o pescocinho e esfregou sua nuca na perna do seu parceiro... e foi se contorcendo até cair de costas... de barriga pra cima... pronto pra receber mais afagos... o que não tardou a acontecer... assim, atingiu seu esperado e inusitado orgasmo... e adormeceu ali naquele chão... então, duas mãos o pegaram e o puseram na cama... em cima dos cobertores...
Tiago Elídio...

sábado, 25 de julho de 2009

ativo... passivo... nada disso... apenas inativo...
Tiago Elídio...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Mirror

I am dazed by the beauty of my body.
today I looked at myself with your eyes. discovered
the soft curve of shoulders the tired round breasts which
want to sleep and slowly roll down in spite of themselves.
my legs unfolding offering infinitely up to
the limits absent from what is me and what beyond me
throbs in every leaf in every raindrop.
I saw myself as if through glass in your eyes
looking at me. I felt your hands on the warm tight
skin of my thighs and obeying your command
I stood naked before a huge mirror. and then
I covered your eyes not to see and not to feel
the loneliness of my body blossoming with you.
Halina Póswiatowska

bjos a Carol... por compartilhar... o poema e o espelho!

domingo, 19 de julho de 2009

Pequena Fábula

"Ah", disse o rato, "o mundo torna-se a cada dia mais estreito. A princípio era tão vasto que me dava medo, eu continuava correndo e me sentia feliz com o fato de que finalmente via à distância, à direita e à esquerda, as paredes, mas essas longas paredes convergem tão depressa uma para a outra que já estou no último quarto e lá no canto fica a ratoeira para a qual eu corro". - "Você só precisa mudar de direção", disse o gato, e devorou-o.
Franz Kafka... trad. de Modesto Carone...

quarta-feira, 15 de julho de 2009

feridas expostas...

veio o sonho... e o ergueu às nuvens, onde resolveu tudo que precisava acertar... então a nebulosidade se desfez e o derrubou ao chão... suas feridas que ainda não haviam se fechado ficaram ainda mais expostas... delas, escorriam sangue da mesma forma que escorriam lágrimas nos olhos... tudo que necessitava nesse momento era de um sorvete... para, igual uma criança, se entreter e parar de chorar...
Tiago Elídio...

pensamentos...

penso, repenso, despenso
penso, despenso, repenso
repenso, penso, despenso
penso, penso, penso
dispenso

Aline Fonte

terça-feira, 7 de julho de 2009

coração...

quando o viu, meu coração começou a disparar... era como se, de fato, balas estivessem saindo dali e me acertando em cheio... eram batidas fortes, constantes... e isso estava me machucando... doía... cada vez mais profundamente... assim, meu corpo foi ficando cada vez mais atingido... até que o coração depois de disparar... parou...
Tiago Elídio...

segunda-feira, 6 de julho de 2009

carinho de primeira que veio na segunda...

segundas-feiras

segundas-feiras são dias chatos. vêm logo depois de finais de semana. e mesmo o final de semana sendo ruim, a segunda feira tende a ser pior. se formos fazer as contas, aposto q a maioria dos dias nublados do ano caem nas segundas-feiras. se formos reparar, a maioria dos emails não recebidos, são às segundas-feiras. enfim, e se mudássemos o nome de segunda-feira para primeira-feira? será que algo mudaria? e se transformassemos o sábado em dia de semana e a segunda em final de semana, será que isso resolveria?
vai saber. de qualquer forma, segue um emailzinho idiota e singelo só pra fazer número na sua caixa e te dizer: love u!!!
beijo!

Aline Fonte
_______________________________________________

love u 2, Li!
Obrigado por ensolarar minha segunda! =)
Ti...

sábado, 4 de julho de 2009

"Todas essas divisões, ser, não ser, fazer amor, não fazer amor, estar apaixonado, não estar apaixonado, todas essas divisões binárias devem absolutamente ser abolidas, só correspondem a sistemas de constrangimentos."
Foucault...

sexta-feira, 3 de julho de 2009

cansado de me desvencilhar das minhas ilusões desiludidas...
Tiago Elídio...