terça-feira, 20 de dezembro de 2016

haicai...

gotas de suor
ventos quentes de verão
sol que me derrete

Tiago Elídio...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

haicai...

verde musgo forte
cor de esmalte das unhas
resplandece vivo

Tiago Elídio...

domingo, 16 de outubro de 2016

"A fragilidade do homem era tocante. Milhões de anos de evolução desembocando em seres incrivelmente não adaptados ao ambiente do planeta, como demonstrava nosso sofrimento diante de mínimas alterações de temperatura ou falta de substâncias, uma vulnerabilidade humilhante a todo tipo de condição atmosférica, exposição a materiais e outros organismos, para não falar na ainda mais humilhante vulnerabilidade da nossa mente a qualquer baboseira, à ansiedade, à esperança. Éramos inadequados àquela natureza. Não espantava que desejássemos destruí-la.”

Daniel Galera...
Meia-noite e vinte...